Mandrágora

R$35,00

Ricardo Corona

“Mandrágora”, de Ricardo Corona, é a transcrição de um sonho em Guarani que se passou em uma hora sem sombra, hora só sol, hora mítica para muitos povos ameríndios. O lugar do sonho – transcrito no poema – era uma cidade grande e o tempo, existencial, o momento da chegada de uma parteira anciã e sua filha, que produziam falas confusas e emotivas, enquanto jogavam com o acaso para montar uma palavra mandraca a partir de letras de placas de carro.

Sobre o autor:

Ricardo Corona atua na performance, poesia sonora, poesia, publicação de artista, tradução, curadoria, linguagem e cultura. Escreveu, entre outros, os livros e publicações de artista: “Poemúltiplo” (2014) “Cuerpo sutil” (2014), “¿Ahn?” (2012 – indicado ao prêmio Ausiás March de Mejor Poemario 2012), Curare (2011 – Prêmio Petrobras e finalista do Jabuti/2012), Amphibia (2009), entre outros. Traduziu Arturo Carrera, Henri Michaux, Cecilia Vicuña, entre outros.

REF: 978-85-64029-38-5 Categorias: , , Tag:

Mandrágora

Ricardo Corona

Etnopoesia
Páginas: 48
Ano: 2017

Informação adicional

Dimensões 20 × 14 × 0.4 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.