A SÍNTESE IMPREVISTA – Arte de Invenção no Brasil dos anos 60/70

R$65,00

Lucio Agra

“A síntese imprevista” é o resultado, sob a forma de 5 ensaios, de uma pesquisa realizada pelo autor, Lucio Agra, desde 2015, em torno à produção artística brasileira dos anos 60 e começos dos 70 e suas relações com algumas situações sociais concretas nesse período, com o consumo e a mídia da época. Continuando uma inquietação que já estava presente em seu livro anterior, “Monstrutivismo” (Perspectiva, 2010), o autor “dá zoom” na ideia de Haroldo de Campos expressa por sua frase que dá título ao livro: A “síntese imprevista” é a “coincidentia opositorum”, o encontro de contrários, a construção e desconstrução, o conflito barroco permanente. Dessa perspectiva, o autor buscou pontos ainda pouco iluminados da arte desse período, como o Movimento de Arregimentação Radical em Defesa da Arte (M.A.R.D.A.), criado pela dupla Décio Pignatari e Rogério Duprat, assim como o curto episódio experimental do Departamento de Música na então recém inaugurada Universidade de Brasília e as proximidades e distâncias entre os movimentos de vanguarda do Brasil e da Alemanha nos anos 60.

SKU: 978-65-86276-22-0 Categorias: , ,

A SÍNTESE IMPREVISTA – Arte de Invenção no Brasil dos anos 60/70

Lucio Agra

Arte e Crítica Brasileira
Paginas: 152
Ano: 2022

ISBN: 978-65-86276-22-0

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.